Perguntas Frequentes – Formação em Psicologia da Assistência Perinatal 2015

Formação 2015 Rio e SP

Perguntas Frequentes – Formação em Psicologia da Assistência Perinatal 2015

Você já viu algum folder do Instituto rodaviva e ainda não compreendeu o que esperar de fato da “Formação em Psicologia da Assistência Perinatal”? Agora você tem em suas mãos algumas das perguntas mais frequentes que temos recebido através dos canais virtuais, que podem lhe auxiliar a compreender nossa proposta.

O que é a “Formação em Psicologia da Assistência Perinatal” do Instituto rodaviva?

É uma proposta de reflexão teórica e prática sobre as questões emocionais que atravessam o período do ciclo de vida familiar compreendido entre o desejo de engravidar e os dois primeiros anos do bebê. Dentro deste grande recorte da vida humana, há várias fases muito distintas, com vivências emocionais bastante contrastantes. No geral, os profissionais que vão trabalhar com grávidas, parturientes, puérperas ou famílias com filhos pequenos conhecem muito da fisiologia do nascimento, mas há pouco debate, na Psicologia e nas demais profissões de Saúde e Ciências Humanas, sobre a complexidade de pensamentos, sentimentos e ações que uma mulher experimenta nestes anos delicados. É importante desvelar estes tabus conceituais, deixar à mostra o profundo processo de transformação identitária da mãe, do pai, da família a partir da vinculação com a idéia da chegada do bebê e, sucessivamente, com sua presença na família.

Neste curso especificamente, damos muita ênfase às emoções dos profissionais que abraçam o paradigma da Humanização do Nascimento. Eles escolheram construir um movimento que está revolucionando, junto com as mulheres que decidem parir naturalmente, num sistema obstétrico cesarista por excelência. Não é nada fácil humanizar a assistência. É um processo longo, de revisão das práticas profissionais, de estudo das evidências científicas, de transformação da forma como vemos as mulheres, os bebês e as famílias. Tudo isto mobiliza muito nossas emoções, nossas crenças são postas em xeque, retornamos a nossas histórias de família, de nascimentos de nossos filhos, de nossas trajetórias profissionais.

Então, podemos considerar que a Formação em Psicologia da Assistência Perinatal é um curso sobre elas (as mulheres), sobre eles (os casais grávidos), sobre as famílias transformadas pela chegada de um bebê, e sobre nós, os profissionais em processo de humanização da assistência. E a relação entre nós e todos estes elementos do contexto do nascimento humano no Brasil.

Qual o ganho para minha prática profissional em fazer esta formação?

O ganho mais imediato é uma ampliação da consciência sobre o processo de gravidez, parto e pós-parto, o que necessariamente facilita a construção de diálogos com as pessoas com quem trabalhamos (pacientes, clientes, estudantes, colegas de profissão, etc.). Além disso, o aluno egresso desta formação tem mais instrumentos para intervir em situações dilemáticas que acontecem durante e após a gravidez (óbitos fetais, crises conjugais, dificuldades com a chegada do bebê, divergências com equipes profissionais de assistência ao parto não humanizadas, depressões pós-parto, lutos por cesáreas desnecessáreas, desgaste profissional daqueles que praticam a assistência humanizada).

O retorno que tivemos dos participantes das turmas anteriores foi bastante positivo: muitos afirmaram ter construído uma identidade profissional mais precisa, no que tange à assistência perinatal. Puderam entender melhor o SEU LUGAR neste novo modelo de assistência, definindo com mais exatidão com que querem ou não trabalhar, encontrando respostas bem delineadas que expliquem esta tomada de decisão.

Qual o público-alvo desta formação?

Profissionais que já trabalham com assistência à gravidez, parto e pós-parto: Obstetras, Enfermeiras Obstetras e Obstetrizes (equipe técnica da assistência direta ao parto). Doulas (profissionais de suporte emocional à mulher na gravidez, parto e pós-parto), já experientes ou em início de suas atividades profissinais. Demais profissionais de saúde interessados em complementar seus conhecimentos sobre esta fase específica do desenvolvimento humano e familiar. Profissionais do Direito, que advogam ou exercem funções públicas compatíveis com os debates propostos pelo curso. Profissionais da Psicologia, em qualquer abordagem teórica ou campo de atuação profissional, que desejem compreender um dos fenômenos mais fundantes da vida humana, e paradoxamente menos debatidos na história e no cotidiano dos congressos e livros profissionais da área.

Desejamos que as turmas da formação sejam multidisciplinares, compostas quiçá de membros de todos estes grupos, para que o diálogo em sala de aula possa cumprir sua função de ampliar nossas referências mais tradicionais de compreensão destes fenômenos.

Nunca tive contato com conteúdos de Psicologia. Isto afeta minha compreensão das aulas?

Não, em absoluto. Todos os conceitos da Psicologia que são utilizados no curso são explicados em linguagem acessível a qualquer participante, independente de sua origem profissional ou de sua intimidade com o mundo “psi”.

Sou profissional da Psicologia. Que abordagem teórica subsidia esta Formação?

Trabalhamos com a Psicologia Sistêmica, já que viemos de uma história como terapeutas familiares e de casal, há quase duas décadas. Além da Psicologia Sistêmica, aportes da Psicologia do Desenvolvimento, de conceitos da Psicologia Geral, da Teoria do Apego de John Bowlby e de outras ciências humanas (Filosofia, Antropologia, Sociologia) fazem parte das referências teóricas que subsidiam nossos diálogos em sala de aula.

Qual o formato das aulas? Como é a metodologia docente?

Há um programa prévio, disponível aqui. Mas o grupo é protagonista da condução do curso, ou seja, os diálogos construídos em sala são o norte para o desenvolvimento de novas exposições teóricas. É muito comum que o diálogo leve ao início de uma aula teórica que não estava “programada” a princípio, mas que foi gerada como demanda dos participantes. Pode-se dizer que cada grupo é co-autor da Formação de que participa.

Porque ano passado a Formação aconteceu em cinco módulos e agora são apenas quatro?

A carga horária permanece inalterada, apenas concentramos em menos finais de semana para facilitar a adesão de pessoas de fora do eixo Rio-São Paulo. São menos custos de passagens e hospedagem, contribuindo para maior interlocução com pessoas de outras regiões do Brasil.

Além disso, no mês de Junho acontece o II SIAPARTO – Simpósio Internacional de Assistência ao Parto, para o qual todos os profissionais humanizados desejam se dirigir. Nossa formação terminará em Maio, e assim facilitamos a disponibilidade de todos para estarem presentes a este tão importante evento de nossa área.

Tenho um compromisso em uma das datas programadas para a Formação. O que posso fazer?

Sinta-se à vontade para participar do mesmo módulo na outra turma (São Paulo ou Rio de Janeiro). Se você porventura perder um dos módulos, poderá repô-los em qualquer turma do semestre seguinte, sem nenhum custo adicional.

O curso fornece certificado?

Sim, para aqueles que frequentaram pelo menos 75% da carga horária total da Formação.

Tenho vontade de trazer esta formação para minha cidade, organizando-a a partir de minha instituição. Como devo proceder?

Escreva para institutorodaviva@gmail.com, para que possamos conversar sobre a viabilidade de sua proposta. Temos total interesse em fazer esta Formação percorrer o maior número de cidades brasileiras.

Como posso ter contato com pessoas que já fizeram a Formação?

Escreva para institutorodaviva@gmail.com, solicitando formas de entrar em contato com pessoas que já fizeram a formação nas turmas anteriores (São Paulo, Campinas e Salvador – 2014), e que se disponibilizaram para compartilhar suas experiências com outras pessoas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s